GMAT x Application : Qual “preocupa” mais você?

mba prep

É comum os candidatos ao MBA Internacional nos procurarem essencialmente pela preparação ao curso do GMAT em um mba prep.

GMAT é a forma com a qual a MBA House se apresenta ao mercado através do Google. A MBA House não compra mailing, não participa de feiras e nem faz cold call. Aprendemos isso ao longo de 13 anos de operação de MBA prep.

O primeiro impulso que o candidato a um MBA Internacional tem é o de pensar no MBA prep como um curso do qual é necessário uma prova para ser aceito. Estilo concurso público no Brasil, Vestibular ou mesmo o CFA. Todos os três, pouco medem sua aptidão em ser um ótimo juiz trabalhista, um médico apaixonado ou um tesoureiro gabaritado. São apenas testes em que você estuda e tira a nota ou não.

O GMAT é a mesma coisa. No GMAT você estuda tecnicamente e estrategicamente a matemática e o inglês envolvidos e, principalmente no inglês, ao contrário do que muitos pensam, basta ter um inglês intermediário e você já pode conseguir um ótimo escore na prova. Um treinamento técnico adequado é a chave da questão e não sua fluência no inglês. Geralmente você não acha esse treinamento técnico claramente em livros ou softwares e é difícil achar também nos ditos gurus da matemática ou de inglês. Você deve procurar um especialista em GMAT.

As business schools sabem que o GMAT é apenas uma prova que mede certos conceitos que eles querem que você tenha durante o curso e para sua nova vida corporativa ou empreendedora como, agilidade de pensamento com poucas informações num tempo curto para tomada de decisão. Mas, mesmo assim, não passa de uma prova e, cada vez mais, a mística da nota alta vem caindo, pois a MBA House, depois que entrou no mercado, elevou a nota geral de GMAT do Brasil, acima da nota geral dos japoneses, por exemplo.

todo mba prep ensina que o GMAT é uma prova técnica.

Ok, já que o GMAT é uma prova técnica e que mostra muito pouco além de um escore que deve estar num range de aceitação pelas business schools por você pretendidas é fato que você sempre deve se preocupar essencialmente com seus APPLICATIONS para conseguir ser aceito.

Essays e Recommendations são os fatores que irão te diferenciar e provocar sua aceitação. A história da sua vida profissional, acadêmica, financeira e, principalmente pessoal DEVE SER MUITO BEM CONTADA durante seu MBA prep.

No mercado mundial e até no brasileiro são difundidos os famosos gurus que dizem que sabem o que a escola quer e que sabe escrever sobre isso para que você seja aceito. Por favor, pergunte a esse guru quando foi a última vez que ele visitou tal escola, quantos alunos ele teve como pupilos e foram aceitos nesta escola nos últimos três anos e se você tem o perfil desses alunos e, principalmente, se ele vai ficar horas com vc ouvindo os detalhes que surgem para você enquanto você responde às perguntas da escola e, se você pode debater livremente com ele sobre elas, antes de coloca-las como prova final de aptidão, submetendo suas respostas finais às business schools.

O mercado de MBA prep é tido para o GMAT prep como uma coletânea de livros que deve ser “malhado” como uma academia todos os dias para você alcançar a nota por esforço e talento próprios em vez de perceberem que, por mais que você se esforce, muitas vezes você trava em certos conceitos que não deixam você avançar e, ou você desiste porque não chega a uma nota de top 10 ou aplica para qualquer uma que te dê mais chance com aquela nota, segundo os rankings.

Cuidado com os rankings.

Nos MBA applications então é pior. Pregam que sua história já está escrita e não tem como muda-la. Claro que não há como muda-la, mas é extremamente frequente que você não saiba ao certo qual é realmente a sua história e, principalmente, como escreve-la e como não escreve-la. isso depende de empatia, assiduidade e relacionamento entre você e seu MBA coach. Não depende de um pacote de horas e um guru sensacional.

Bem, é fato que você deve começar a trabalhar em seus applications no mesmo momento que começa o estudo para o GMAT, porque, fundamentalmente, a ESCOLHA DAS ESCOLAS é o fator fundamental, não só de sua aceitação, mas de sua realização como profissional de mercado ou empreendedor internacional.

O MBA application é o coração de sua aceitação. Tenha isso como ponto fundamental de sua preparação. O GMAT é muito importante, claro, mas, aqui na MBA House, notas acima de 700 são extremamente frequentes pelo plantão de dúvidas que temos como acompanhamento dos alunos e que fazem com que estudem, sob supervisão, pelo menos 30 horas a mais do que em qualquer concorrente. Ou seja, dificilmente se você cumprir o nosso programa, você ficará com uma nota inferior a 700. Não é nenhuma mágica e sim, técnica e trabalho de ambas as partes.

Foque em escrever sua história, em pensar sobre ela, e fazer frente aos seus competidores com ela. E também porque sua historia vai além de sua aceitação. Ela vai te colocar em escolas que têm a ver com você e que irão definir seu futuro corporativo ou empreendedor de forma fundamental. Já foi o tempo de olhar no ranking, tirar uma super nota de GMAT e fazer uma revisão de applications para ser aceito em top 5 e conseguir salários altos. Você vai se surpreender com a quantidade de pessoas que fizeram isso e que, depois de 5 anos de formados, mesmo em top 5, estão insatisfeitos com o rumo do pensamento custo/benefício que os levaram aquém do que poderiam conquistar.

Foque na sua história, pois a nota do GMAT sempre acontece.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu telefone (obrigatório)

Comentário (obrigatório)

Leia também: Ética corporativa e o MBA Internacional

Leia também: https://gmat.com.br/mba-admissions/