Chat with us, powered by LiveChat

GMAT prova

GMAT prova

O que é a  GMAT prova?

GMAT prova. Muitos candidatos brasileiros ao MBA internacional procuram informações do que é a prova GMAT começando por uma pesquisa no Google.

O google, em sua maioria, mostra dados de sites internacionais que pouco mostram como um aluno brasileiro deve encarar a empreitada de conhecer a prova e traçar estratégias de estudos que garantam um bom resultado fazendo com que o candidato ao MBA Internacional alcance uma nota satisfatória dentro do padrão de notas que a escola pretendida pede.

A MBA House pensa que a melhor forma de pensar nos seus estudos é contar com 4 fatores que reconhecemos como essenciais para seu sucesso:

1) Tempo de maturação:

Muitos acreditam que a GMAT prova depende de fazer milhares de exercícios observando os truques e peculiaridades da prova sem levar em conta que o esta é uma prova muito diferente das que o estudante brasileiro está acostumado.

Muitas vezes recebemos alunos que fizeram 3 mil questões em 3 meses e estavam fazendo mais de 700 nos simulados e aí no dia da prova fazem menos de 600.

Atribuem isso ao nervosismo e nós da MBA House atribuímos à falta de maturidade em ter regularidade e exatidão na prova. Muitas vezes, a sensação de que o aluno está preparado é errada.

Por exemplo, ele está tirando mais de 700 num simulado já viciado que fornece questões, não iguais, mas muito parecidas.

Basta uma questão dessas e seu simulado já estará totalmente comprometida. Nós acreditamos que você deve estudar ao longo de 4 a 6 meses para o GMAT.

2) Rapidez na prova:

Muitos candidatos já começam os estudos com um cronômetro na mão, pois dizem a eles que o problema da prova é o tempo. Bem, nós sabemos que não é.

A MBA House tem mais de 900 alunos aprovados ao longo de sua história e já fizemos algumas vezes a experiência de deixar aquele aluno que acredita neste problema fazer simulado sem limite de tempo por questão num espaço de 4 horas para as partes de GMAT math e GMAT verbal.

As notas são inacreditavelmente as mesmas com uma pequena flutuação as vezes para pior.

Nossa dica é que você passe os primeiros 2 a 3 meses de estudos fundamentando a base e criando alternativas de resolução para os exercícios e não treinando no tempo.

3) Escolha das escolas:

Muitos candidatos querem antes “se livrar da GMAT prova” e só depois iniciar seus applications.

O mais importante é saber que sua admissão depende da nota do GMAT, depende muito mais dos seus essays, recomendações e entrevistas.

O seu application fará com que você saiba, pela sua história, quais as melhores escolas para aplicar e não a sua nota de GMAT.

Portanto, não achamos que você deva perseguir uma nota GMAT sem estar fazendo ao mesmo tempo seus applications. É ele que vai te nortear e te dar mais acuradamente a nota a ser perseguida.

4) Bolsas de estudos:

A nota do GMAT ajuda em muito você a conseguir bolsas de estudos nas escolas de negócios internacionais.

A MBA House conquistou, só em 2018 junto aos seus 90 aprovados, 987 mil dólares em bolsas de estudos para seus alunos.

Todos eles tinham nota acima de 620 e prestaram top 25, porém sem um bom applications a nota do GMAT para conseguir uma bolsa de estudos não é suficiente.

Portanto, saiba escrever uma boa história, procure possuir uma boa história ao longo de sua vida , mesmo que seja durante o seu ano de preparação.

Associe-se a uma entidade filantrópica, por exemplo.
Conte sempre com a MBA House