Chat with us, powered by LiveChat

MBA em Empreendedorismo

MBA em empreendedorismo

MBA em Empreendedorismo para profissionais que querem montar suas start ups ou para aqueles que querem tornar suas empresas próprias mais competitivas e internacionais.

Cada vez mais profissionais do MBA Internacional estão se formando e optando por iniciar suas carreiras pós MBA em start ups.

Muitos profissionais não vão ao MBA com a intenção de montar uma empresa, mas muitos alunos são seduzidos pelo curso, pelos colegas e pelos professores a se direcionarem à montagem de empresas através dos diversos incentivos que as escolas oferecem.

Samantha Penabad era funcionária da Accenture antes de iniciar seus estudos em Berkeley. Encontrou na faculdade os elementos perfeitos para iniciar sua idéia de montar uma plataforma digital de doação para entidades filantrópicas. Ela mesma declarava que não havia submetido seus applications para Berkeley no intuito de um MBA em empreendedorismo, mas seus tutores encorajaram-na a desenvolver um business plan com a ajuda de um colega especialista em finanças e lançaram o GivingFund.

Ela também aceitou uma posição no Google que lhe foi oferecida por conta do desenvolvimento de sua plataforma digital. Ou seja, agora ela é uma funcionária de uma das mais importantes e influentes empresas do Mundo e também pode se dizer uma fundadora de uma empresa digital.

Muitos alunos das principais escolas de negócios do Mundo, já desenvolvem business plans enquanto estudam e continuam a desenvolve-los mesmo que optem por empregos tornando o empreendedorismo um “side hustle”, pronto a se tornar uma primeira ocupação a qualquer momento da carreira e também servindo de base para o próprio avanço na carreira em uma empresa.

Diversas escolas de negócios estão reportando um crescente aumento na procura dos seus alunos por compilarem planos de negócios para empresas em crescimento ou mesmo inexistentes e também montando incubadoras para ventures futuros. Stanford também é uma delas.

O fenômeno interessante que vem ocorrendo em escolas como Berkeley, Stanford e Babson que são efetivamente incentivadoras do MBA em empreendedorismo é de que, até 4 anos atrás, os alunos formados escolhiam entre trabalhar full time ou abrir uma empresa. Agora eles optam pelos dois. Ou seja, têm um emprego numa grande empresa e ainda desenvolvem planos de negócios e trabalham paralelamente para desenvolverem a empresa própria.

Empresas como a Amazon incentivam seus funcionários a desenvolverem projetos próprios para empresas futuras. Em Ross Michigan, 38 estudantes foram contratados pela Amazon em 2016. Dee Clarck, gerente de contratação da Amazon diz que os candidatos que desenvolvem um plano de negócios de empresa própria durante o curso de MBA frequentando matérias de MBA em empreendedorismo tendem a serem mais atraentes para a Amazon nas entrevistas.

Confira dicas para MBA em Empreendedorismo

Se você quer ser empreendedor, uma business school pode te oferecer:

  1. Dinheiro, network e conhecimento para sua empresa.
  2. Emprego para que você consiga pagar a dívida com o MBA enquanto trabalha pela sua empresa própria.
  3. Opção de continuar numa carreira corporativa ou empreender de forma integral.

Veja uma tabela completa de MBA em empreendedorismo.

Conte sempre com a MBA House para conquistar sua vaga em MBA em empreendedorismo.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu telefone (obrigatório)

Comentário (obrigatório)

Veja também:

Seis mitos sobre INSEAD

Como escolher um MBA