Como escolher um MBA

Uma etapa extremamente importante de sua prospecção ao MBA, além do teste do GMAT em um bom curso preparatório de MBA, é o modo como você escolhe suas escolas de aplicação. No Brasil, é muito difícil você achar elementos que te ajudem nisso que vão além de sites das business schools ou colegas que já cursaram os programas que você está considerando. A MBA House considera esta etapa de iniciar o MBA, a escolha das escolas é crucial para sua satisfação geral na aceitação e até na melhora do seu desempenho durante o estudo do GMAT e na realização dos seus applications para MBA.

Conversar com estudantes dessas escolas por email, muitas vezes pinçados do Linkedin, professores das escolas que disponibilizam seus emails em redes sociais e ex alunos presentes em países que você considera trabalhar ou até mesmo no Brasil é um começo já bem esclarecedor.

Cuidado ao pedir opinião sobre MBA para aqueles que não são alunos ou ex alunos, mesmo que sejam profissionais de mercado de sucesso. Você deve se ater a conhecer bem os MBAs e suas diversas facetas e não apenas fazer um brainstorm de opiniões muitas vezes com profissionais que jamais estiveram em uma escola de negócios internacional ou que fizeram cursos curtos lá fora, mas nunca uma imersão de meses e dedicação exclusiva. Prefira pessoas que vivenciaram o campus e passaram por todas as etapas para chegarem lá.

A conversa com alunos ex alunos de MBA aguça a sua imaginação que vai além da tentativa de conhecer métodos e benefícios da escola, a conversa pode colocar um sentimento de estar experimentando a cultura dessa escola. Você procura escolas com qual perfil cultural em termos de alunos e professores, por exemplo ?

Visita ao Campus

A MBA House, fez de 2008 a 2011 visitas anuais com grupos de alunos em 15 universidades dos EUA. Era uma viagem deslumbrante e que nós temos sérias intenções de retomar. Mas você pode faze-las sozinho. É bem fácil marcar e assistir aula, conversar com o setor de admissions, alunos e conhecer o campus. Os alunos saem com uma idéia bem melhor do que querem. Na Europa você levará duas semanas para conhecer por volta de 8 escolas. Vale muito a pena tentar visitar as escolas.
Carreira e características dos alunos e ex alunos

Você tem que considerar o que quer fazer terminado seu MBA, pois certas escolas podem te aproximar mais desse objetivo do que outras.
Existem 3 pontos fortes a serem considerados em um MBA : função, indústria e localização. É claro que, considerando a escolha dos MBAs por esses 3 fatores você também será assediado por empresas que recrutam alunos com aspirações em comum dentro desses 3 fatores.
Na MBA House, por termos mais de 50% dos alunos brasileiros que são aceitos em MBAs Internacionais, a gente tem uma boa idéia de como avaliar as escolas segundo um alumni que já passou por nossa escola durante a preparação e que agora está no mercado de trabalho.

O Linkedin é uma boa ferramenta para isso também.

O networking do seu MBA pode começar já bem antes de você ser aceito

Vida no Campus

A vida no Campus excede os livros e os professores. Essa vida vai desde as atividades físicas disponíveis até o happy hour com seus colegas.
Alojamento, instalações, proximidade de outras cidades, campus isolado ou dentro de universidades e por aí a fora.

A diversidade da classe também convida você a navegar por atividades que talvez você jamais havia pensado. Amizades para a vida toda, cultura de colegas próximos, linhas de pensamento e hábitos quotidianos são tão importantes quanto uma sala de aula com um prêmio Nobel.

É o dia a dia do MBA traduzido para o inglês nos milhares de sotaques que o compõe. Importantíssimo !

Participe de clubes e atividades extra curriculares. Muitas vezes, os clubes são como uma matéria que corre em paralelo como empreendedorismo, por exemplo.

Morar fora para sempre

Claro que sabemos que, se queremos ir embora de vez precisamos de cidadania ou de um visto permanente, mas tudo começa com um visto de trabalho de um recrutador que considere te empregar e os vistos são sempre muito simples e fáceis de serem conseguidos pelas empresas se você mostra ter um perfil que elas querem. Não se preocupe com os vistos, eles irão aparecer e você verá que, a melhor forma de se tornar um cidadão do Mundo é através de um MBA.

Porém, você deve considerar MBAs que estejam próximos aos sítios de empresas que têm filiais ou mesmo a matriz nestes lugares. Exemplos como Nova Iorque para trabalhar com entretenimento ou bolsa, Londres para mercado financeiro, Califórnia para tecnologia, mas isso não impede você de fazer uma escola distante de centros que possuam foco na indústria da qual você quer participar. Veja MIT e  a tecnologia do Vale do Silício, por exemplo.

Família e Parceiro(a)

Tivemos certa vez um casal que aplicou em 2008, uma época que era “proibido” aplicar como casal e que foram aceitos em 5 escolas. Eles escolheram Tuck, que apesar de ser Ivy League, tinha um alumni pequeno no Brasil e era pouco considerada pelos alunos brasileiros, portanto. Nós indicamos essa escola a eles depois de um almoço com Paul Danos, Dean de Tuck e verificamos que é uma escola perfeita para casais. Mas o mais curioso é que eles escolheram essa escola, mesmo tendo sido aceitos em Wharton e Chicago Booth entre outras, por quererem levar os cães junto. Foi uma escolha que mudou a forma como a MBA House enxerga a afinidade entre os candidatos e as escolas de negócios.

Reputação

O candidato ao MBA está procurando antes de mais nada um crescimento profissional internacional significativo, além de relacionamento e abrangência na empregabilidade.
O maior fator que o candidato quer fazer um MBA é para nunca mais ficar desempregado na vida.
Os MBAs são essencialmente RHs e o career office é o setor mais importante delas. Se o MBA não te garante empregabilidade forte durante toda a vida produtiva ele não tem o porque existir.

Bem, saiba também que isso não necessariamente requer que você entre num MBA muito bem ranqueado no FT ou Businessweek, pois um fator importante a ser considerado é o de que os MBAs podem satisfazer a empregabilidade no seu setor de atuação sem necessariamente estarem bem ranqueados.

Essa avaliação de curriculum durante a realização dos seus applications é de suma importância para que você seja aceito e pleiteie MBAs que têm “a sua cara” e te coloque em posições de carreira que te deixem ao mesmo tempo realizado financeiramente e emocionalmente.

Duração, formato e senioridade

Escolher entre MBAs de um ano ou dois anos, perfil de idade da classe e principalmente, postos de trabalho em funções e cargos que sejam condizentes com sua experiência profissional são fatores importantes na escolha das escolas.

Essa escolha passa por verificar a idade média dos alunos, as aspirações deles, o formato mais ou menos longevo do curso e também como as empresas irão enxergar o perfil da classe para recrutamento.
É importante verificar o tipo de aulas, o perfil dos professores, ou seja, se são profissionais de mercado ou acadêmicos puros, de quais indústrias vêm ou em quais indústrias eles miram seus exemplos.

A quantidade de eletivas das business schools também é um fator bem importante a ser considerado.

Ufa! Quanta coisa para pensar.

Se desejar pensar em tudo isso e muito mais junto com a MBA House, procure-nos :

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu telefone (obrigatório)

Comentário (obrigatório)